Divando Campos
A inspiração nos eleva a dedicação pela arte.
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
VI CRESCER NO MEU CANTEIRO,
MAIS ESPINHO DO QUE FLOR,
POIS AINDA MORA NO MEU PEITO,
UMA SAUDADE DE UM GRANDE AMOR.
 
 
VOCÊ É A BRISA QUE PASSA,
TRAZENDO O AROMA DA FLOR,
TENS TODO O ENCANTO,
E A INFINITA GRAÇA DE UM AMOR.
 
 
AS VÊZES ME SINTO
COMO UM BEIJA-FLOR,
FLUTUANDO NO AR,
SENTINDO O AROMA DO AMOR.
 
 
O AMOR É DIVINO,
É UM MISTÉRIO SEM PAR,
CRIADO POR DEUS,
COMO UMA ESTRÊLA À BRILHAR.
 
 
EU VOU PENETRAR NA TUA MENTE,
COM MINHAS PALAVRAS DE AMOR,
NA TUA BOCA, PENETRAREI...
COMO SE FOSSE UM BEIJA-FLOR.
Divando Campos
Enviado por Divando Campos em 26/05/2016
Alterado em 26/05/2016
Comentários